SOLIDÃO, NARRATIVA E IMAGINAÇÃO NO FIN-DE-SIÈCLE: HISTÓRIA E SENSIBILIDADE ATRAVÉS DE CRÔNICAS

Marina Haizenreder Ertzogue

Resumo


Esse texto reflete sobre a sensação de viver o final do século XIX através das crônicas de Alcindo Guanabara, Adelindo da Fontoura, Raul Braga e Valeiro Mendes, publicadas na imprensa do Rio de Janeiro entre 1883-1898. Passando pelo spleen de Edgar Allan Poe e Charles Baudelaire até ao decadente “Fin-de-Siècle”, as crônicas apresentadas nesse artigo são expressões do sentimento cultural finissecular relacionados à melancolia, ao pessimismo e à morbidez. O objetivo desse artigo é estudar a solidão através da sensibilidade do narrador e as suas impressões sobre a cidade.

Palavras-chave


Sensibilidade; crônicas; melancolia; imprensa

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


________________________________________________________________________________________________________

Apoio:

 

Projeto História está indexada em: