Conflitos entre o Leão e a Baiana em torno da sombrinha: o frevo duplicado e a afirmação da pernambucanidade (1979-1986)

Leandro Patricio Silva

Resumo


Este artigo tem por objetivo discutir a afirmação da identidade pernambucana na primeira metade dos anos 80, a partir dos conflitos gerados no campo discursivo de Pernambuco em face da apropriação do frevo pelos baianos. Confrontando informações de periódicos oficiaise extra-oficiais do período, numa abordagem histórico-social da cultura, percebemos que o frevo, considerado um dos principais identificadores de Pernambuco, passava a ser tomado por alguns baianos como definidor da Bahia. Num momento histórico marcado por diversas crises, as denúncias dos pernambucanos da apropriação baiana do frevo faziam parte de uma conjuntura mais ampla, ligada aos valores do Regime Militar, à abertura política, à crise econômica, à crise da SUDENE, ao turismo, às indústrias culturais e à globalização, que colocaram a identidade pernambucana na moda nesse período.

Palavras-chave


Identidade; Pernambucanidade; Anos 80

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.