“Nuestra América”: pensamento racial e construção da identidade nacional argentina

Camila Bueno Grejo

Resumo


O presente trabalho tem por objetivo estabelecer uma análise da obra Nuestra América. Ensayo de psicología social, escrita em 1903 por Carlos Octavio Bunge – um influente intelectual argentino, tanto em assuntos ligados à educação como também à política e cultura social. Para isso, tomaremos como referência o período compreendido entre 1880 e 1910, o qual foi visto pela elite política e intelectual argentina como crucial para a construção de sua nacionalidade e, portanto, fundamentais para a realização de nossa análise.

Palavras-chave


Bunge; Argentina; Identidade nacional

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.