La Madre dos descamisados. Eva Perón: vida e trajetória política

Yvone Dias Avelino

Resumo


Pretendemos neste artigo refletir sobre as relações entre mito e história, e memória e história, através da vida de Eva Perón, primeira-dama da Argentina no início da segunda metade do século XX. Personagem forte, amada por muitos e odiada por outros tantos, Evita sempre trouxe em seu bojo a contradição entre manter o poder nas mãos da burguesia e, ao mesmo tempo, contemplar as massas com condições sociais melhores. Também é definida como a grande figura modeladora do discurso Populista, especificamente o Peronismo, de quem era seguidora incondicional. A vida privada e pública de Evita até os dias atuais vem sendo um exemplo de como a história, a arte e a cultura seguem deslumbradas por esta Mãe do Povo. As diversas linguagens e formas de registro sobre a trajetória do mito e a sua instituição ensejam a possibilidade de se lidar com as questões referentes à produção do saber, a partir das representações estéticas, que contribuem para a permanência viva da memória.

Palavras-chave


Arte; Cultura; Poder; Ideologia; Política; Mito

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.