Moderna, tradicional e negra: a Bahia de Pierre Verger e Odorico Tavares na revista O Cruzeiro

Bruno Pinheiro

Resumo


As fotorreportagens realizadas em Salvador pelo fotógrafo francês Pierre Verger e pelo jornalista pernambucano Odorico Tavares para a revista ilustrada semanal O Cruzeiro nos anos imediatamente posteriores à redemocratização pós-Estado Novo são analisadas nesse artigo como participantes um projeto identitário regional fomentado pelas elites locais. Para tal fim, elas são avaliadas em seus contextos político, intelectual e produtivo, identificando como os padrões visuais utilizados nelas para representar determinadas manifestações das culturas populares negras locais passaram a ser entendidas como tradições da Bahia.

Palavras-chave


Cultura Visual; Culturas populares negras; Bahia; O Cruzeiro

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.