HUMANO, DEMASIADAMENTE HUMANO: SOBRE EMOÇÕES E MASCULINIDADE

Sônia Maria de Oliveira Pimenta, Cláudia Natividade

Resumo


Com base na Semiótica Social e na multimodalidade, este artigo analisou quatro propagandas das edições de março de 2005 da revista Veja nas quais figuravam homens de diferentes idades e em diferentes contextos. Dentro dessa concepção sócio-semiótica, pretendeu-se identificar os potenciais de significados veiculados por vários modos semióticos relacionados com a função interpessoal da linguagem, ligando-os a conteúdos emocionais. Inauguramos uma perspectiva diferenciada de análise do signo da emoção propondo categorias analíticas multimodais complementares àquelas disponíveis na literatura (Kress & van Leeuwen, 2006). Os resultados indicam que as propagandas fazem parte do projeto de engajamento da masculinidade hegemônica com conteúdos de poder e ausência de emoções.

Palavras-chave


Semiótica Social; multimodalidade; emoções; masculinidade

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.1590/delta.v28i0.3887

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Revista Delta-Documentação e Estudos em Linguística Teórica e Aplicada ISSN 1678-460X