A PERSPECTIVAÇÃO CONCEPTUAL EM AUTOCITAÇÃO FACTIVA E FICTIVA

Luiz Fernando Matos Rocha

Resumo


Este artigo analisa o fenômeno da Autocitação Factiva e Fictiva sob a ótica perspectivação conceptual ou construal, tendo em vista trabalhos de Talmy (1996, 2000), Langacker (1999, 2008), Verhagen (2005, 2007) e AUTOR. Com base em dados extraídos de corpora em Português Brasileiro e Europeu para fins exclusivamente qualitativos, postula-se que o discurso direto, em forma de autocitação, dispõe de instâncias factivas de seus tipos comunicativos como diametralmente opostas, mas contíguas, às suas instâncias fictivas, gerenciadas por operações de construal ora mais subjetificantes, ora mais objetificantes.

Palavras-chave


fictividade; autocitação; perspectivação conceptual; subjetificação

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.1590/delta.v29i2.7379

Revista Delta-Documentação e Estudos em Linguística Teórica e Aplicada ISSN 1678-460X