O projeto hjelmsleviano e a semiótica francesa

José Luiz Fiorin

Resumo


Este trabalho analisa o projeto hjelmsleviano de construção de uma teoria das linguagens,
mostrando, de um lado, o espaço discursivo em que se constitui e, de outro,
sua coerência interna. Enfatiza a redução metodológica operada por Hjelmslev, para,
em seguida, incorporar, sob os mesmos princí­pios de análise, o que havia sido descartado.
Mostra também como a semiótica francesa se constrói com base nesse projeto teórico,
expondo o que ela utiliza dele e os aspectos em que ela o altera.
Palavras-chave formalismo, relação, princí­pio da imanência, sistema, processo
Abstract This paper analyzes the hjelmslevian project for a semiotic theory. Its objectives
are (i) to show the discourse space in which the hjelmslevian theory develops and its
internal coherence; (ii) to emphasize the methodological reduction proposed by
Hjelmslev, to later incorporate what had been previously discarded under the same
principles of analysis; (iii) to show that French semiotics has started and developed within
this theoretical framework by accepting some of its aspects and by altering others.
Key words formalism, principle of immanence, relation, system, process

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM