Figuras da manipulação

Maria Isabel Filinich

Resumo


Sendo o ato do discurso um ato eminentemente dialógico, o que aqui nos interessa é abordar as estratégias por meio das quais o destinador produz um efeito sobre o destinatário. Este vínculo entre dois sujeitos tem sido normalmente tratado pela semiótica standard como uma relação de manipulação. A partir desta primeira definição, geral e abstrata, que outorga à manipulação a forma do fazer- fazer, observam-se as diversas manifestações a que dá lugar, principalmente a partir do momento em que se incorpora à reflexão semiótica a dimensão sensível da atuação do sujeito. A análise, no nível da superfície do discurso, de algumas figuras “típicas” da manipulação, mostra o alcance heurístico e os limites do conceito.

Palavras-chave: manipulação; modalidade; sedução

Abstract

Figures of manipulation – Since discourse is an eminently dialogical act, what we are interested in here is to discuss the strategies whereby the sender produces an effect upon the recipient. This link between two subjects has usually been treated in standard semiotics as a relationship of manipulation. Based on this initial definition, both general and abstract, which grants manipulation the form of doing doing, we observe the various manifestations it gives rise to, above all starting from the moment when semiotic reflection incorporates the sensitive dimension of the subject’s action. At the level of the surface of discourse, the analysis of some “typical” figures of manipulation indicates the heuristic range and limits of the concept.

Key words: manipulation; modality; seduction

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM