Homem da Câmera de Filmar: o cinema ou uma história do cotidiano?

José da Silva Ribeiro

Resumo


Tomamos o filme O Homem da Câmera de Filmar — de Vertov, para abordar a
temática cinema e história contemporânea, procurando perspectivar as múltiplas
relações entre esse filme e a sociedade soviética dos anos 1920. Abordaremos o
filme, o autor e os contextos de produção; a temática do filme e o contexto histórico
e sócio-político que representa; o filme como processo criativo e social e
como ritual de passagem; e, finalmente, o destino do filme, do autor e do processo
criativo no contexto tecnológico e artístico em que foi produzido e suas retomadas
em novos contextos sociais, tecnológicos e artísticos.
Palavras-chave: cinema e história; contextos de produção; cinema e rituais de passagem;
filme como processo; pós-cinema
Abstract: The Man with the Movie Câmera: cinema or a story of everyday life? — We have
chosen Vertov’s 1929 film The Man with the Movie Camera to discuss the theme of
Cinema and Contemporary History, seeking to put into perspective the multiplerelationships between this film and Soviet society in the 1920s. We discuss the
movie, the author and the context of its production, as well as the film’s theme
and its historical and sociopolitical background. We focus on the film as a creative
and social process and as a rite of passage, and lastly, on the destination of the
film, its author and its creative process within the artistic and technological context
in which it was produced. Lastly, we discuss its applicability to new social,
technological and artistic contexts.
Keywords: cinema and history; production contexts; cinema and rites of passage; film as
a process; post cinema

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM