(Des)caminhos: o jornalismo e seus desafios metodológicos

Fernando Resende

Resumo



LAGO, C.; BENETTI, M. (Org.) (2007). Metodologia de pesquisa em jornalismo. Petrópolis: Vozes. 286 p.

Esta resenha do livro Metodologia de pesquisa em jornalismo, organizado por Lago e Benetti, tem o desafio de pensar a problemática do método no campo em questão a partir da premissa com a qual trabalham suas organizadoras: todo trabalho de investigação, porque implica a construção de teorias e a busca por metodologias adequadas aos nossos propósitos e objetos de estudo, exige uma postura epistemológica. Partindo do princípio de que um paradoxo — revelado pela antinomia entre os termos real e discurso — instala-se nos objetos que, constituídos pelo simbólico, devem, ao mesmo tempo, obedecer à lei do real como referente, nosso objetivo é problematizar o olhar lançado ao jornalismo, buscando refletir em torno de alguns aspectos de fundo teórico, epistemológico e metodológico suscitados pelos próprios artigos coletados para o livro. Desse modo, conhecemos as pesquisas apresentadas e suas respectivas abordagens, ao mesmo tempo em que refletimos sobre os (des)caminhos metodológicos que o livro revela.

Palavras-chave


jornalismo; representação; metodologia; epistemologia

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM