Mulheres negras, religiosidades e protagonismos no cinema brasileiro

Tania Montoro, Ceiça Ferreira

Resumo


Este artigo busca identificar ressonâncias entre o papel central do feminino nas religiões afro-brasileiras e as construções imaginárias sobre “mães de santo” no cinema brasileiro, por meio dos filmes “Pureza Proibida” (Alfredo Sternheim, 1974) e “Besouro” (João Daniel Tikhomiroff, 2009). A partir dos estudos culturais, da crítica feminista e da teoria do cinema, busca-se discutir o cruzamento das identidades de gênero e raça e observar formas de visibilidade e múltiplas configurações do feminino negro nessas narrativas audiovisuais.


Palavras-chave


Feminino negro; cinema brasileiro; gênero; raça.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM