1968 e a multidão como massa: televisão e imagens políticas da memória e do esquecimento

Marialva Carlos Barbosa

Resumo


O artigo analisa as imagens produzidas pela televisão acerca do movimento de 1968, no Brasil, tomando como material empírico privilegiado as emissões produzidas pela TV Tupi do Rio de Janeiro, sobretudo a Passeata dos Cem Mil, realizada no Rio de Janeiro em 26 de junho de 1968. Antes reflete sobre a construção histórica da ideia de multidão no Brasil, para em seguida mostrar como a televisão é o lugar de visibilidade para a apresentação da multidão como imagem síntese do século XX.


Palavras-chave


Televisão; Multidão; Passeata dos Cem Mil

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM