Feminismo, maternidade e mídia – relações historicamente estreitas em revisão

Renata Tomaz

Resumo


Partindo do princípio de que a maternidade é uma construção social cada vez mais vinculada aos processos comunicacionais, sobretudo na voluptosa oferta de conselhos e diretrizes do que é ser mãe, este trabalho procura situar tal debate. Com base nas principais abordagens feitas sobre maternidade nos estudos feministas, o trabalho apresenta um recorte do estado dessa pesquisa no Brasil, chamando atenção para três eixos temático-teóricos e para os possíveis pontos de exploração nos estudos de mídia e maternidade.


Palavras-chave


Mídia e maternidade; feminismo; gênero; revisão de literatura.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM