Omayra: ensaios sobre o rosto, uma fotografia e suas políticas

Angie Biondi, Angela Cristina Salgueiro Marques

Resumo


O presente artigo parte da fotogra a da menina Omayra Sanchez para refletir acerca de como a imagem fotojornalística pode conferir rosto a um indivíduo, tornando-o sujeito pelo nosso olhar. O rosto encarnado na superfície fotográfica permite o aparecer do estranho, fazendo emergir o lugar da comunicação, da reciprocidade. A política da imagem pode, ao mesmo tempo, revelar um “em comum”, um incomum e uma parte de outrem que não se deixa apreender, que não consegue traduzir-se em comunicação. Por meio da elaboração de três seções interligadas, buscamos entender como esta imagem nos apresenta o lugar do outro que se transforma na promessa do meu próprio lugar, assumindo um caráter estético, ético e político. Abertura, passagem e interdição compõem os movimentos do processo intermitente de produção de gestos e olhares subjetivantes. 


Palavras-chave


fotojornalismo; imagem; política; rosto

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM