Gênero midiático, performance e corpos em trânsito: uma análise sobre dissidências da conversação televisiva em canais no YouTube

Juliana Freire Gutmann, Edinaldo Mota Junior, Fernanda Mauricio da Silva

Resumo


O artigo de cunho analítico propõe reflexão sobre transformações da conversação televisiva operadas no YouTube, com especial interesse em corpos que se posicionam como dissidentes. Toma como objeto empírico três canais – Põe na Roda, Canal das Bee e Drag- se – que tensionam convenções midiáticas de masculinidades e feminilidades na relação com matrizes do talk show e de programas de debate. O estudo aponta lugares de reforço da convenção binária que marca os corpos televisivos, apesar do interesse em identificar lugares de trânsito do YouTube. Apresenta abordagem historicizada do fenômeno, investindo na noção de gênero televisivo como figura de historicidades, em associação ao sentido de performance e relatos de si.


Palavras-chave


gênero televisivo; performance; YouTube.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM