Ubuntu e a felicidade técnica

Edilson Cazeloto

Resumo


A noção de “felicidade”, para além de uma concepção subjetivista, é resultante de uma série de agenciamentos socialmente induzidos, capazes de construir concepções hegemônicas de valores, representações e estilos de vida. A coletânea “Ser Feliz Hoje”, ao reunir pesquisadores de diversos campos do conhecimento, produz um mapeamento das múltiplas dimensões que o significado da felicidade adquiriu nas sociedades midiatizadas. Este significado é, cada vez mais, sujeito à lógica do mercado, na qual aparece como uma técnica vinculada ao esforço individual.

Palavras-chave


humanities; happiness; imperative of happiness

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM