Sentido Visual e Vetores de Imersão: regimes plásticos da implicação do espectador nas formas visuais do fotojornalismo

Benjamim Picado

Resumo


Propomos examinar aspectos da discursividade visual do fotojornalismo e sua relação com o papel ativo da instância espectatorial. Considerado o quadro patêmico e sensorial da significação visual destas imagens, o artigo constata a consolidação de um modelo da rendição fotográfica baseado no princípio da atualidade, plasticamente manifesto na espacialização do instante, como elemento central dos processos de implicação do espectador. Nesta dimensão estética do testemunho visual, invoca-se também o ethos das imagens de sofrimento – e o princípio da reciprocidade que elas mantêm com o olhar do leitor, assim como a desdramatização do instante no fotojornalismo contemporâneo.

Palavras-chave


fotojornalismo; espectador; imersão

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM