Tessituras do sensível em Vida Simples e os modos de ser revista

Frederico de Mello Brandão Tavares

Resumo


O presente texto discute a relação do sensível com o jornalismo impresso, apontando para sua presença no universo das revistas segmentadas. Apresentam-se aqui resultados e reflexões de uma investigação que analisou a composição editorial da revista Vida Simples, publicada mensalmente pela Editora Abril entre os anos de 2002 e 2011. Considerando os movimentos de constituição da publicação, seus elementos jornalísticos e sua materialidade, relata-se, por meio de fragmentos dessa análise mais ampla, os modos pelos quais, ao tratar de uma só temática, a revista elabora formas sensíveis de abordagem sobre a qualidade de vida na sociedade contemporânea, seu tema central. Segundo a pesquisa, mais que uma estratégia, o sensível desponta como uma espécie de fio invisível, que costura a trama editorial e incide sobre o jornalismo que marca a revista, caracterizando-o e sendo por ele caracterizado.

Palavras-chave


sensível; composição editorial; jornalismo de revista; Vida Simples

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM