Avaliação do processo de logística reversa pós-vendas no segmento farmacêutico

Carlos Vital Giordano, Gabriella Balbino Rainha, Luiz Claudio Gonçalves, Patricia Bezerra Ribeiro, Patricia Maria da Silva Santos

Resumo


O presente artigo apresenta um estudo sobre a aplicação da prática de Logística Reversa no ambiente empresarial com foco no processo de Pós-Vendas.
Nesse sentido, o objetivo foi avaliar a importância da Logística Reversa Pós-Vendas  de medicamentos, particularmente em seu processo de devolução e descarte, apresentando também quais são os motivos para a devolução, bem como os procedimentos realizados. Para ilustrar a aplicabilidade do processo foi realizado um estudo de caso em uma indústria farmacêutica instalada na cidade de São Paulo.    


Texto completo:

PDF

Referências


Valeant Pharmaceuticals International Ltda. (2018). About. Disponível em: http://www.valeant.com/about . Acesso em: 21/03/ 2018.

Anvisa. (2004). Resolução RDC nº 306, de 7 de dezembro de 2004. Disponível em: http://portal.anvisa.gov.br/documents/33880/2568070/res0306_07_12_2004.pdf/95eac678- d441-4033-a5ab-f0276d56aaa6. Acesso em: 10/04/2018.

Ballou, R. H. (2006). Gerenciamento da cadeia de suprimentos: planejamento, organização e logística empresarial. 5ª ed., Porto Alegre: Bookman.

Barcelos, M. N. et al. (2011). Aplicação do método FMEA na identificação de impactos ambientais causados pelo descarte doméstico de medicamentos. Revista Engenharia Ambiental: Pesquisa e Tecnologia, v. 8, n. 4, p.62-68.

Brasil (2010) Lei nº 12305, de 02 de agosto de 2010, institui a Política nacional de Resíduos Sólidos. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007- 2010/2010/lei/l12305.htm. Acesso em: 02/04/2018.

Brasil. Ministério do Meio Ambiente. (2015). Política Nacional de Resíduos Sólidos. Disponível em: http://www.mma.gov.br/pol%C3%ADtica-de-res%C3%ADduos- s%C3%B3lidos.html Acesso em: 08/04/2018

Costa, D.; Teodósio, A. S. S. (2011). Desenvolvimento Sustentável, Consumo e Cidadania: um estudo sobre a (des) articulação da comunicação de Organizações da Sociedade Civil, Estado e Empresas. Revista de Administração Mackenzie, v. 12, n. 3, p.114-145.

Falqueto, E; Kligerman, D. C; Assumpção, R. F. (2010). Como realizar o correto descarte de resíduos de medicamentos? Ciência & Saúde Coletiva, 15 (Supl 2), p. 3283-3293.

Fent, K.; Weston, A. A.; Caminada, D. (2006). Ecotoxicology of human pharmaceuticals. Aquatic Toxicology.v.76, p.122–159.

Febrafar. (2013). PNRS: Indústria Farmacêutica tem mais 60 dias para adaptar-se às novas regras. Disponível em: https://carollinasalle.jusbrasil.com.br/noticias/112393153/industria- farmaceutica-tem-mais-60-dias-para-adaptar-se-as-novas-regras?ref=topic_feed Acesso em: 05/04/2018

Guarnieri, P. (2011). Logística reversa: em busca do equilíbrio econômico e ambiental. Recife: Clube de Autores.

Jesus, P. R. C. (2004). As palavras e seus efeitos na propaganda de medicamentos no Brasil: uma análise semiótica, midiática e ética. In: In: 7 Congreso Latinoamericano de Investigadores de La Comunicación, 2004, La Plata. Comunicación y Salud.

Leite, P. R. (2009). Logística reversa: meio ambiente e competitividade. 2ª Edição. Pearson Prentice Hall. São Paulo.

Melo, S. A. S. et al. (2009). Degradação de fármacos residuais por processos oxidativos avançados. Química Nova, São Paulo, v. 32, n. 1, p. 188-197.

Moura, B. (2006). Logística: conceitos e tendências. Lisboa: Centro Atlântico.

Mcclellan, k.; Halden, R.U. (2010). Pharmaceuticals and personal care products in archived

U.S. biosolids from the 2001 EPA national sewage sludge survey. Water Research.v.44, p. 658- 668.

Oliveira, e. B.; Raimundini, S. L. (2005). Aplicação da logística reversa: estudo de caso em uma indústria fotográfica e em uma indústria de fécula de mandioca. In: VIII Simpósio de Administração da Produção, Logística e Operações Internacionais (SIMPOI), São Paulo, ago.

Paoleschi, B. (2011). Logística industrial integrada: do planejamento, produção, custo e qualidade à satisfação do cliente. 3. ed. São Paulo: Érica.

Pedroso, C.F. (2007). Indústria farmacêutica. Acta Farmacêutica Bonaerense, v.26.

Rodrigues, C.R.B. (2009). Aspectos legais e ambientais do descarte de resíduos de medicamentos. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção). Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Ponta Grossa.

Rogers, d. S., Tibben-Lembke, R. S. (1999). Going Backwards: Reverse Logistics Trends and Practices. Reno, University of Nevada.

Tibben-Lembke, R. S. (2002). Life after death – reverse logistics and the product life cycle. International Journal of Physical Distribution & Logistics Management, v. 32, n. 3, pp. 223- 224, 2002.




DOI: https://doi.org/10.23925/cafi.v2i1.41042

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

A Revista CAFI apoia a Declaração de São Francisco sobre Avaliação de Pesquisa (DORA)

 Cirad assina a Declaração de São Francisco sobre a avaliação da pesquisa (DORA). Logo da iniciativa DORA



Indexadores

Conforme Qualis único de  2017-2018 (divulgado em 2019)


 

 

 

logo

 

Diretórios 

 

 

 

 

Creative Commons

 

A Revista Cafi adota a licença do CC-BY Creative Commons Attribution 4.0

 


ISSN 2595-1750