A Verdade Provisória da Democracia: uma análise do pensamento ético-político de Alexis de Tocqueville

Helena Esser dos Reis

Resumo


Partindo da concepção tocquevilliana de Estado democrático, que supõe ser este um Estado em permanente construção por meio da ação de seus cidadãos e, portanto, um espaço plural, aberto ao inusitado, no qual não há verdades e não provisoriamente, discutiremos sobre a necessidade de encontrarmos critérios norteadores para a ação política dos cidadãos, sob pena de a democracia perder suas características e dar origem ao despotismo.

Palavras-chave


Democracia; tolerância; pluralismo; participação; provisoriedade

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/poliética.v1i1.15202

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Indexadores: LivRe; Sumários.org; Latindex