Ética, micropolítica e diferença: a atitude crítica à moralização no utilitarismo liberal

Flávia Cristina Silveira Lemos, Ataualpa Maciel Sampaio

Resumo


 

O presente artigo é um ensaio sobre ética, micropolítica e ecosofia. Busca abordar alguns aspectos, tais como: distinção entre moral e ética; problematização da produção da diferença como engrenagem da micropolítica; a fabricação pelo desejo e com a multiplicidade de forças em resistências às práticas fascistas e a atitude crítica ao juízo por meio da transvaloração dos valores pela genealogia. O artigo, portanto, visa interrogar como o utilitarismo e o liberalismo são agenciados no capitalismo para criar uma moral da sobrevivência. Postula-se ainda que a razão instrumental da sociedade empresarial e consumista favorece a subjetividade moralizada. Busca-se pensar que a ética é uma aposta ecosófica e micropolítica da produção desejante como parte de uma potência dos encontros de enfrentamento aos fascismos. Parte-se de contribuições de Félix Guattari; Gilles Deleuze; Michel Foucault; Judith Butler e Friedrich Nietzsche. Por fim, apresenta-se uma relação entre ética, estética e política como possibilidade de criar outros modos de vida.


Palavras-chave


Desejo; Ética; Micropolítica; Ecosofia; Moral

Texto completo:

PDF

Referências


BUTLER, Judith. Relata a si mesmo. Crítica da violência ética. Belo Horizonte: Autêntica, 2017.

BUTLER, Judith. A vida psíquica do poder. Teorias da sujeição. Belo Horizonte: Autêntica, 2018a.

BUTLER, Judith. Quadros de guerra: quando a vida é passível de luto? Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2018b.

BUTLER, Judith. Vida precária. Os poderes de luto e da violência. Belo Horizonte: Autêntica, 2019.

DELEUZE, Gilles & GUATTARI, Félix. O anti-édipo: capitalismo e esquizofrenia. Rio de Janeiro: Imago Editora, 1976.

DELEUZE, Gilles & GUATTARI, Félix. Mil platôs III: capitalismo e esquizofrenia. Rio de Janeiro: Editora 34, 1995.

FREUD, Sigmund. O Mal-estar na Cultura. São Paulo: Col. L&pm Pocket. 2010.

FOUCAULT, Michel. Microfísica do poder. Rio de Janeiro: Graal, 1979.

FOUCAULT, Michel. A verdade e as formas jurídicas. Rio de Janeiro: Nau, 1996.

FOUCAULT, Michel. A coragem da verdade. São Paulo: Martins Fontes, 2010.

FUGANTI, Luiz. Saúde ₋ desejo e pensamento. São Paulo: Hucitec, 2008.

GUATTARI, Félix. Revolução Molecular: pulsações políticas do desejo. Tradução de Suely Rolnik. 3. ed. São Paulo: Brasiliense, 1986.

GUATTARI, Félix & ROLNIK, Suely. Micropolítica: cartografias do desejo. 6. ed. Petrópolis: Vozes, 2000.

GUATTARI, Félix. As três ecologias. Tradução de Maria Cristina F. Bittencourt. 12. ed. Campinas: Papirus Editora, 2001.

KONSTAN, David. Ressentimento ₋ história de uma emoção. In: BRESCIANI, Stella & NAXARA, Márcia (orgas.). Memória (res)sentimento. Indagações sobre uma questão sensível. Campinas/SP: Editora UNICAMP, 2004. pp. 59-80.

NIETZSCHE, Friedrich. Genealogia da moral; uma polêmica. Tradução, notas e posfácio de Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2001.




DOI: https://doi.org/10.23925/poliética.v8i2.51160

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Indexadores: LivRe; Sumários.org; Latindex