Variações anatômicas do músculo pronador redondo e sua importância nas síndromes compressivas

Autores

  • Edie Benedito Caetano Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde
  • Camila Cassillo Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde
  • Giovani Caetano Padilha Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde

Palavras-chave:

Músculo Esquelético, Nervo Mediano, Pronação, Síndromes de Compressão Nervosa, Variação Anatômica

Resumo

Introdução: Existem várias estruturas anatômicas que podem comprimir o nervo mediano próximo a articulação do cotovelo. Independente de quaisquer desses locais onde ocorra a compressão, esta é denominada síndrome do pronador redondo, sendo entre as duas cabeças desse músculo que a compressão ocorre com maior frequência. A principal causa são as variações anatômicas do MPR. Objetivo: O objetivo deste trabalho foi analisar as variações anatômicas do MPR e suas implicações na compressão do nervo mediano, que passa entre as cabeças umeral e ulnar do músculo. Método: foram dissecados 100 membros superiores de cadáveres adultos pertencentes ao Laboratório de Anatomia da Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde da PUCSP. Resultados: Em 86 membros registramos a presença das cabeças umeral e ulnar do músculo pronador redondo. Em 14 membros a cabeça ulnar do MPR estava ausente e o nervo mediano posicionava-se posteriormente a cabeça umeral. Em 11 casos o nervo mediano passava através a massa muscular da cabeça ulnar do músculo pronador redondo. Discussão e Conclusões: Estes resultados sugerem que as variações anatômicas na relação nervo mediano e músculo pronador redondo representam fatores potenciais para compressão nervosa, por estreitar o espaço onde passa o nervo mediano. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2022-10-28

Como Citar

Caetano, E. B., Cassillo, C., & Padilha, G. C. (2022). Variações anatômicas do músculo pronador redondo e sua importância nas síndromes compressivas. Revista Da Faculdade De Ciências Médicas De Sorocaba, 24(Supl.). Recuperado de https://revistas.pucsp.br/index.php/RFCMS/article/view/59642