PERCEPÇÃO DE CARREIRA PARA A GERAÇÃO Y – UM DESAFIO PARA AS ORGANIZAÇÕES

Mônica Aline Strack Knob, Carla Goergen

Resumo


Neste artigo é apresentado um estudo quantitativo descritivo, que teve como objetivo principal verificar qual a percepção de “carreira” para a Geração Y (nascidos a partir de 1980). Neste contexto foi realizada uma pesquisa de campo com a aplicação da Escala de Percepção de Sucesso na Carreira (EPSC) aos colaboradores da Geração Y em uma empresa de ônibus, localizada no interior do Rio Grande do Sul. Os resultados mostraram que, de modo geral, essa geração possui opiniões divergentes quanto à segurança em relação às oportunidades de trabalho e identificam como principais fatores de carreira, a cooperação, os valores e a competência

Palavras-chave


Carreira. Geração Y. Gestão de Pessoas

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.20503/recape.v6i3.31061

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

ISSN 2237-1427