A causação mental segundo o realismo prático de Lynne Rudder Baker

Jonas Gonçalves Coelho

Resumo


O objetivo do presente artigo é refletir sobre o problema da causação mental tal como tratado pelo Realismo Prático de Lynne Rudder Baker. Procuro mostrar de que forma os pressupostos pragmáticos assumidos pela filósofa permitem criticar as concepções dominantes a respeito da relação entre mente e corpo, do dualismo cartesiano e, em especial, do materialismo reducionista de Jaegwon Kim e, ao mesmo tempo, recolocar e contornar, não sem problemas, as dificuldades inerentes a essas abordagens.

Palavras-chave


Causação mental; Lynne Baker; Realismo Prático; Constituição de Propriedade.

Texto completo:

Sem título PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.