Charles S. Peirce na Europa: Suas "Cartas Estéticas"

Sara Barrena, Jaime Nubiola

Resumo


Charles Peirce manteve-se sempre fascinado pelo fenômeno da arte, apesar de seus comentários sobre o assunto serem superficiais. Sua conexão pessoal com a arte pode ser encontrada nas cartas que ele escreveu durante suas cinco visitas à Europa, entre junho de 1870 e setembro de 1883, especialmente nas cartas de sua primeira viagem(18 de junho de 1870 - 07 de março de 1871). Neste artigo, focalizamos essas cartas, que mostram como a Europa produziu no jovem filósofo um profundo choque cultural. Primeiro, serão fornecidos dados históricos e biográficos sobre a primeira visita de Peirce a Europa, e apresentada a correspondência dessa viagem; em segundo lugar, compararemos os comentários de Peirce dos lugares que ele visitou. Finalmente, como conclusão, sugerimos exploratoriamente como essas percepções podem ter influenciado o pensamento de Peirce. Os sentimentos que ele experimentou na Europa foram sementes que deram frutos anos mais tarde, de forma a produzir uma colheita na qual novos modos de entender ciência e arte poderiam ser desenvolvidos.


Palavras-chave


Peirce; Europa; Arte.

Texto completo:

PDF (English)

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.