John Dewey e democracia como ideal regulativo

Rosa M. Calcaterra

Resumo


O contexto religioso do pensamento de John Dewey afeta fortemente sua concepção de democracia, o que, não obstante, assevera explicitamente sua independência de crenças sobrenaturais. A característica ‘quase-religiosa’ que ele atribui aos ideais religiosos é uma expressão peculiar do seu ‘humanismo naturalístico’, o que acentua a capacidade imaginativa e o conhecimento científico como instrumentos fundamentais para um melhor desenvolvimento das possibilidades humanas, além do individualismo e de qualquer forma de dogmatismo. A complexidade do pensamento de Dewey, de suas fontes de inspiração, assim como de suas questões mais originais, oferece sólidas razões para se contrastar o risco de um cientificismo incauto e, ao mesmo tempo, abre espaço para maiores reflexões sobre os problemas atuais das sociedades democráticas.

Palavras-chave


Anti-dogmatismo. Continuismo. Fé. Naturalismo humanístico. Democracia radical. Individualismo.

Texto completo:

PDF (English)

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Apoio:

PUC-SP    PIPEq PUC-SP


Idexadores:

Google Scholar    Open Archives Initiative    ROAD

Preservação Digital:

LOCKSS    CLOKSS     KEEPERS    Rede Cariniana