A crítica Schellinguiana de Peirce a Hegel

David A. Dilworth

Resumo


A transformação de Peirce da psicologia racional de Kant e o poder heurístico do julgamento reflexivo, estabelecido dentro do seu declarado idealismo objetivo Schellingiano, fundamentou sua exposição, ao longo de sua carreira, do método a priori de Hegel da fixação da crença como paradigma do anancasmo lógico interno. A crítica de Peirce a Hegel permanece iluminadora e relevante no ambiente contemporâneo das ideias.

Palavras-chave


Método a priori; Método científico; Juízo determinante; Juízo reflexivo; Anancasma; Agapasma

Texto completo:

PDF (English)

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.