Um estudo do gênero abstract na disciplina de Antropologia: a heterogeneidade da(s) área(s) A study of abstracts in anthropology: the heterogeneity within the field(s)

Beatriz Gil, Solange Aranha

Resumo


Este artigo analisa a constituição do gênero abstract de artigos de pesquisa em suas características retóricas e linguísticas na disciplina de Antropologia em um corpus de 24 abstracts, retirados de dois periódicos Qualis A1. O modelo de movimentos retóricos proposto por Gil (2011) e os conceitos de stance, hedges e boosters (cf.: Hyland 1998, 2002, 2011) foram usados. Mesmo sendo da mesma área, os periódicos são frutos  de fazeres de pesquisa múltiplos, ou seja, as disciplinas e as fronteiras ocupadas pelas pesquisas são determinantes na constituição desses gêneros, o que corrobora a noção de tipicação (cf.: Bazerman 2006, 2009).


Palavras-chave


Gênero resumo; Stance; Hedges; Boosters

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Revista Delta-Documentação e Estudos em Linguística Teórica e Aplicada ISSN 1678-460X