Entre aquele (a) que diz sim e aquele que diz não: questões sobre a negação na construção de linguagem

Maria Fausta Pereira de Castro

Resumo


Com base na análise do desenvolvimento linguístico de uma criança brasileira de 1; 3 a 2; 0 e depois de revisar criticamente alguns dos documentos importantes sobre negação no desenvolvimento linguístico, defendo a necessidade de considerar a indeterminação que caracteriza as expressões negativas da criança. Também chamo a atenção para o papel do adulto que entende essas expressões. Finalmente, com base em uma hipótese polifônica sobre enunciados negativos, discuto algumas transformações no relacionamento da criança com a linguagem observadas em suas construções de enunciados negativos durante o período mencionado acima.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Revista Delta-Documentação e Estudos em Linguística Teórica e Aplicada ISSN 1678-460X