Aquisição fonológica do Português Brasileiro

revisão sistemática sobre o desenvolvimento das consoantes

Autores

DOI:

https://doi.org/10.23925/2176-2724.2022v34i1e53900

Palavras-chave:

Desenvolvimento de linguagem, Criança, Fala, Fonoaudiologia, Brasil

Resumo

Introdução: O conhecimento sobre aquisição fonológica é balizador para a prática clínica na avaliação de transtornos fonológicos. Objetivo: Realizar revisão sistemática das publicações científicas sobre aquisição fonológica consonantal do Português Brasileiro (PB) por crianças com desenvolvimento linguístico típico. Metodologia: Foram selecionados descritores que atendiam à pergunta de pesquisa “qual a idade de aquisição fonológica consonantal típica de crianças falantes monolíngues do Português Brasileiro (PB)?” nas bases de dados Bireme, Pubmed, Scopus, Web of Science, Portal Periódicos Capes e Google Acadêmico, e literatura cinzenta. Critério de inclusão foi tratar-se de aquisição fonológica consonantal do PB por crianças. Excluíram-se estudos sobre aquisição de: vogais e/ou ditongos, domínios linguísticos que não fossem fonologia, segunda língua ou bilíngue, outra língua que não o PB, leitura, escrita, soletração, língua de sinais, também pesquisas somente com análise fonética, com dados de fala de crianças com alterações de fala, texto escrito, e linguagem não natural. Foram considerados os tipos de estudo, objetivos e indicadores de aquisição. Os estudos selecionados foram analisados via Iniciativa STROBE e Sistema GRADE. Resultados: Dos 1.381 estudos obtidos, selecionou-se 33. A aquisição fonológica consonantal foi identificada entre as idades um ano e quatro meses a sete anos, dependendo do fonema ou classe dos fonemas, apresentando grande variação entre indivíduos. A definição sobre aquisição convergiu para a frequência de 75% a 85% de produções corretas da consoante ou estrutura silábica. Conclusão: Constatou-se que a aquisição fonológica consonantal apresenta ampla variação entre indivíduos e entre diferentes consoantes e destas nas diversas estruturas silábicas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Letícia Pacheco Ribas, Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre

Departamento de Fonoaudiologia, Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre - UFCSPA - Porto Alegre (RS), Brasil.

Amanda Faleiro, Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre

Fonoaudióloga clínica. Departamento de Fonoaudiologia, Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre - UFCSPA - Porto Alegre (RS), Brasil.

Ana Carolina Sartori Bernardi, Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre

Acadêmica de Fonoaudiologia da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre. Departamento de Fonoaudiologia, Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre - UFCSPA - Porto Alegre (RS), Brasil.

Maria Luiza Cerutti Lemmertz, Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre

Acadêmica de Fonoaudiologia da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre. Departamento de Fonoaudiologia, Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre - UFCSPA - Porto Alegre (RS), Brasil.

Referências

Klunk L. Aquisição da linguagem e aspectos fonológicos e socioculturais. REA [internet]. 2018; 17(201): 90-100.

Wiethan FM, Mota HB, Moraes AB. Correlações entre aquisição do vocabulário e da fonologia: número de palavras produzidas versus consoantes adquiridas. CoDAS [online]. 2016; 28(4): 379-87.

Matzenauer CLB, Miranda ARM. A construção do conhecimento fonológico na aquisição de linguagem. Rev Est Ling. 2012; 20(2): 91-124.

Mezzomo CLB, Miranda ARM. Aquisição da coda: um estudo comparativo entre dados transversais e longitudinais. Rev. Soc. Bras. Fonoaudiol. [online]. 2010; 15(3): 401-7.

Rodrigues KHM, Diniz NLF, Leite RCD, Rezende CM, Martins-Reis VO. Aquisição da líquida não lateral por crianças de Belo Horizonte (Minas Gerais, Brazil). Distúrbios Comun. 2015; 27(4): 789-97.

Queiroga BAM, Alves JM, Cordeiro AAA, Montenegro ACA, Asfora R. Aquisição dos encontros consonantais por crianças falantes do português não padrão da região metropolitana do Recife. Rev. CEFAC [online]. 2011; 13(2): 214-26.

Castro ME. Aquisição do onset complexo no desenvolvimento fonológico típico em crianças entre 2;6 e 5;11 de idade, estudantes de uma creche-escola municipal pública de Maceió-A [dissertação]. Maceió: Universidade Federal de Alagoas; 2015.

Malta M, Cardoso LO, Bastos FI, Magnanini MMF, Silva CMFP. Iniciativa STROBE: subsídios para a comunicação de estudos observacionais. Rev Saúde Pública. 2010; 44(3): 559-65.

GRADE Working Group. Grading quality of evidence and strength of recommendations. BJM. 2004; 328: 14-90.

Avila MCAP. A aquisição do ataque silábico complexo: Um estudo sobre crianças com idade entre 2:0 e 3:7 [dissertação]. Pelotas: Universidade Católica de Pelotas, Pelotas; 2000.

Silva CC. Aquisição da regra de assimilação de vozeamento em Português Brasileiro [dissertação]. São Paulo: Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas; 2008.

Staudt LB. Aquisição da regra de assimilação de vozeamento em Português Brasileiro [dissertação]. São Leopoldo: Universidade Vale dos Sinos; 2008.

Montenegro ACA. Aquisição do onset complexo c(r) no português: uma abordagem multidimensional [tese]. Recife, Universidade Federal de Pernambuco; 2012.

Wiethan FM. Aquisição do vocabulário e da fonologia do Português Brasileiro [tese]. Santa Maria: Universidade Federal de Santa Maria; 2015.

Cordeiro AAA, Alves JM, Queiroga BAM, Montenegro ACA, Telles S, Asfora R. Aquisição dos fonemas fricativos coronais por crianças da região metropolitana do Recife. Rev. CEFAC [online]. 2011; 13(1): 48-56.

Miranda ICC. Aquisição e variação estruturada de encontros consonantais tautossilábicos [tese]. Belo Horizonte: Universidade Federal de Minas Gerais; 2007.

Ferrante C, Van Borsel J, Pereira MMB. Aquisição fonológica de crianças de classe socio econômica alta. Rev. CEFAC [online]. 2008; 10(4): 452-60.

Toreti G, Ribas LP. Aquisição fonológica: descrição longitudinal dos dados de fala de uma criança com desenvolvimento típico. Letrônica, 2010; 3(1): 42-61.

Dias RF, Lopes SG, Marchetti PT, Oppitz SJ, Cardoso J, Mezzomo CL. Comparação da aquisição de /k/ e /g/ e das sequências fonéticas [kw] e [gw] no pb - variáveis intervenientes e status fonológico. Rev. Cefac [online]. 2014; 16(5): 1471-80.

Vargas DZ, Mezzomo CL. Emergência e aquisição do /r/ em coda em dois municípios do Rio Grande do Sul. Distúrbios da Comun., 2014 jun; 26(2): 255-66.

Toni A. Estratégias de reparo ao ataque ramificado CCV na aquisição fonológica . Revista Letras. 2017; 96(0): 255-86.

Lopes SG, Cuti LK, Mezzomo CL. Estudo comparativo sobre a aquisição das obstruintes em dois municípios com diferentes influências linguísticas. Distúrbios Comun. 2015; 27(3): 432-44.

Ceron MI, Gubiani MB, de Oliveira CR, Keske-Soares M. Factors Influencing Consonant Acquisition in Brazilian Portuguese-Speaking Children. J Speech Lang Hear Res. 2017; 60(4): 759-71.

Mezzomo CL, Dias RF, Vargas DZ. Fatores intervenientes na produção correta da sílaba (c)vc em dados típicos e atípicos de fala . DELTA [online]. 2014; 30(2); 353-70.

Correia LA. O desenvolvimento da fonologia infantil: a aquisição de onsets complexos [dissertação]. Fortaleza: Universidade Estadual do Ceará; 2012.

Marques TF, Lazzarotto-Volcão C. O processo de aquisição da lateral alveolar por gêmeos dizigóticos. Work Pap Linguist. 2018; 19(1): 38-64.

Bueno LF. Os róticos do português falado em Brasília por crianças de 03 a 07 anos de idade [dissertação]. Brasília: Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Linguística, Português e Línguas Clássicas; 2013.

Guimarães DMLO. Percurso de construção da fonologia pela criança: uma abordagem dinâmica [tese]. Belo Horizonte: Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais; 2008.

Silva MK, Ferrante C, Van Borsel J, Pereira MM. Aquisição fonológica do Português Brasileiro em crianças do Rio de Janeiro. J Soc Bras Fonoaudiol. 2012; 24(3): 248‐54.

Luiz SW, Mezzomo CL, Vargas DZ. Surgimento e aquisição da líquida não lateral em onset simples em dois municípios do Rio Grande do Sul. Distúrbios da Comunic. 2013; 25(3): 335-45.

Freitas GCM. Sobre a aquisição das plosivas e nasais. In: Lamprecht RR, editor. Aquisição fonológica do português: perfil de desenvolvimento para terapia. Porto Alegre: Artmed; 2004 p. 73-81.

Oliveira CC. Sobre a aquisição das fricativas. In: Lamprecht RR, editor. Aquisição fonológica do português: perfil de desenvolvimento para terapia. Porto Alegre: Artmed; 2004. p. 83-94.

Mezzomo CL, Ribas LP. Sobre a aquisição das líquidas. In: Lamprecht RR, editor. Aquisição fonológica do português: perfil de desenvolvimento para terapia. Porto Alegre: Artmed; 2004. p. 95-109.

Mezzomo CL. Sobre a aquisição da coda. In: Lamprecht RR, editor. Aquisição fonológica do português: perfil de desenvolvimento para terapia. Porto Alegre: Artmed; 2004. p. 129-50.

Ribas LP. Sobre a aquisição do onset complexo. In: Lamprecht RR, editor. Aquisição fonológica do português: perfil de desenvolvimento para terapia. Porto Alegre: Artmed; 2004. p. 151-64.

Publicado

2022-03-11

Edição

Seção

Artigos