Política do ódio e a nova ordem de violências

Filipe Aquino

Resumo


Escrito no calor do momento das manifestações, o ensaio Dilma Rousseff e o ódio político constrói um panorama sintético das escolhas e falhas recentes do Partido dos Trabalhadores. Ao apontar a força do poder carismático do ex-presidente Lula, a obra debate os impactos simbólicos das administrações petistas na sociedade brasileira e apresenta uma nova ordem de violências advindas da emergência de uma nova direita organizada, agressiva e produtiva que carrega o ódio como estandarte.

Palavras-chave


Política; Dilma Rousseff; Partido dos Trabalhadores; Democracia

Texto completo:

PDF