Conversação e deliberação sobre questões sensíveis: um estudo sobre o uso das razões que circulam nos media

Rousiley Celi Moreira Maia, Danila Gentil Rodriguez Cal, Gabriella Hauber, Vanessa Veiga de Oliveira, Patrícia Gonçalves Conceição Rossini, Rafael Cardoso Sampaio, Regiane Lucas Garcêz

Resumo


A discussão informal tem despertado crescente interesse em estudos sobre deliberação. Contudo, são raros os estudos que examinam o engajamento das pessoas em contextos conflitantes. Este artigo investiga o modo pelo qual sujeitos de grupos sociais em conflito fazem uso de razões concorrentes que circulam nos media para negociar suas opiniões sobre uma “questão sensível”: a redução da maioridade penal. Para tanto, foram realizados cinco grupos de discussão em Belém (PA) e Belo Horizonte (MG), com policiais militares e moradores e adolescentes de periferia. A partir da adaptação do Discourse Quality Index, este estudo analisa: as justificativas expressas pelos participantes; o respeito entre os grupos; o papel das histórias pessoais na discussão. Investiga-se, ainda, o fluxo de argumentos antes e após a apresentação do material dos media. Os resultados contribuem para compreender a dinâmica através da qual os sujeitos se situam num “espaço de razões” em debates plurais.


Palavras-chave


Deliberação; Conflito Social; Conversação informal; Maioridade Penal

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM