Ódio, combustível patológico.

Filipe Aquino

Resumo


O ódio tem surgido sob um discurso plural que vai do neoconservadorismo cultural, passando pelo fundamentalismo religioso e desaguando no ultraliberalismo econômico. Esta obra, reunião de diferentes ensaios, constrói um panorama dos múltiplos caminhos adotados pelas novas direitas políticas em ascensão no Brasil, almejando dar conta da complexa gestão do poder contemporâneo.


Palavras-chave


ódio político; novas direitas; conservadorismo

Texto completo:

PDF