O bem-viver contemporâneo em revistas: uma análise do tensionamento entre consumo e simplicidade no discurso da Vida Simples

Gisele Dotto Reginato, Márcia Franz Amaral

Resumo


Tendo como pano de fundo a construção do bem-viver contemporâneo em revistas – contexto em que o jornalismo cria novos parâmetros de estilo e normalidade-, o objetivo deste artigo é trabalhar com o tensionamento entre consumo e simplicidade no discurso da revista Vida Simples, editada pela Abril. Entendemos que a revista propõe uma vida simplificada, que preconiza uma redução do consumo, mas, de outra forma, a maneira que a sociedade oferece para ter uma vida mais simples é através do consumo como forma de construção de identidades. Utilizando o aporte teórico-metodológico da Análise de Discurso de linha francesa, observamos que o discurso da revista está tensionado entre a incitação a um consumo individual, a um consumo que considera o ambiental e a um consumo politizado, havendo disputas ideológicas que se materializam no discurso da revista.

Palavras-chave


revista; análise de discurso, consumo, simplicidade

Texto completo:

PDF