O Guarani no cinema brasileiro: o olhar imigrante

Sheila Schvarzman, Mirrah Ianez

Resumo


O Guarani, de José de Alencar,de 1857, transformado em ópera por Carlos Gomes em 1870 serviu de base para 8 filmes entre 1908 e 1926.Traçamos aqui o percurso cultural da apropriação cinematográfica d´O Guarani pelo diretor italiano Vittorio Capellaro. Como as construções românticas da nacionalidade cristalizadas na literatura e na ópera do século XIX são apropriados num film d´art, gênero em voga na Europa e nas telas brasileiras. Como Capellaro e seus atores, todos imigrantes, integraram o cinema europeu, sua encenação e dramaturgia, às representações e ao imaginário nacional e aos fazeres do nascente cinema brasileiro. E de que forma sua obra dialoga com a sociedade que a recebe.

Palavras-chave


Representações, gênero

Texto completo:

PDF