O significado de jogar Xbox Kinect boliche na percepção de idosos residentes de uma Instituição de Longa Permanência para Idosos (ILPI)

Andressa da Silva Rosa, Bárbara Furniol Felice, Monica Tiemi Yonamine, Laís Cristina Barbosa Santos, Raíssa Renata Silva, Thaynara Mioti Barbosa da Cruz, Thais Bento Lima-Silva, Rosa Yuka Sato Chubaci

Resumo


Estudos da literatura sugerem que os jogos com grandes deslocamentos no centro de massa e alterações na base de apoio desafiam o equilíbrio e são suficientes para melhorar o controle postural durante atividades funcionais, assim como promovem a interação social. Este estudo objetivou levantar os benefícios proporcionados pela atividade de jogar o Xbox boliche em idosos institucionalizados, e as motivações que os levaram a participar dela. Foi realizada uma pesquisa qualitativa, utilizando-se como base a Fenomenologia Social de Schütz, e aplicando-se como Instrumento a Escala de Depressão Geriátrica (EDG). Participaram do estudo 14 residentes de uma ILPI (Instituição de Longa Permanência para Idosos). Os resultados mostram-nos que esse tipo de atividade melhorou o humor da maioria dos participantes, além de aumentar a interação social e a satisfação dos residentes.

 


Palavras-chave


Envelhecimento; Idosos; Xbox; Humor; Fenomenologia Social.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2176-901X.2019v22i3p319-333

Kairós está indexada em:

Bases de dados e Repositórios de periódicos com texto completo:


Catálogo de Bibliotecas:

Bibliotecas:

Diretório de Políticas Editoriais:

Associada:

ISSN 2176-901X

A Revista Kairós e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/kairos. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/kairos.