Vivências e percepções de idosos diabéticos em tratamento ambulatorial

Daiane Fuga da Silva, Bruna Maria Amorim Loula, Anne Caroline da Silva Alves, Claudia Aranha Gil, Adriana Machado Saldiba de Lima

Resumo


O objetivo deste estudo foi verificar e analisar qualitativamente as vivências e percepções de idosos diabéticos tipo 2, em relação à doença. Foram selecionados 35 idosos diabéticos do Ambulatório de Endocrinologia e Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Através da análise temática de conteúdo das entrevistas semiestruturadas, verificou-se que os idosos sentem necessidade de apoio dos familiares, pois têm uma perspectiva de futuro negativa.

  


Palavras-chave


Envelhecimento; Doença crônica; Diabetes mellitus.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2176-901X.2020v23i1p181-199

Kairós está indexada em:

Bases de dados e Repositórios de periódicos com texto completo:


Catálogo de Bibliotecas:

Bibliotecas:

Diretório de Políticas Editoriais:

Associada:

ISSN 2176-901X

A Revista Kairós e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/kairos. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/kairos.