Minha Casa Minha Vida: periferização, segregação e mobilidade intraurbana na área conurbada de Florianópolis

Autores

  • Eduardo Leite Souza
  • Maria Inês Sugai Universidade Federal de Santa Catarina

Palavras-chave:

periferização, mobilidade urbana, segregação socioespacial, Programa Minha Casa Minha Vida, Grande Florianópolis-SC

Resumo

O artigo investiga as repercussões na mobilidade urbana do processo de dispersão urbana e periferização impulsionado pelos empreendimentos do Programa Minha Casa Minha Vida na área conurbada de Florianópolis, que apresenta segregação socioespacial e disparidades de locomoção entre regiões centrais e periféricas. Constatou-se que empreendimentos subsidiados pelo programa habitacional se localizam-se, principalmente, em terrenos distantes, carentes de infraestruturas e transportes coletivos, acarretando em maiores custos e deseconomias, ao poder público e aos cidadãos. Evidencia que as políticas públicas de provisão habitacional dissociadas de estudos de localização intraurbana e mobilidade urbana repercutem no cotidiano através dos gastos com transporte, tempo dispendido nos deslocamentos, na periferização urbana e no exercíicio do direito à cidade, contribuindo para ampliar as desigualdades sociais e a segregação socioespacial.

Biografia do Autor

Eduardo Leite Souza

Arquiteto Urbanista formado pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Mestre no Programa de Urbanismo, História e Arquitetura da Cidade, também na UFSC, com pesquisa relacionada ao tema da mobilidade e dispersão urbana. Editor no site de arquitetura ArchDaily Brasil.

Maria Inês Sugai, Universidade Federal de Santa Catarina

Possui graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, titulo de Mestre e de Doutor em Arquitetura e Urbanismo pela FAU-USP. Desde 1979 é docente da Universidade Federal de Santa Catarina, onde atualmente é Professora Associada e leciona no Curso de Graduação em Arquitetura e Urbanismo, no PGAU-Cidade, Programa de Pós-Graduação em Urbanismo, História e Arquitetura da Cidade e no Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo, todos da UFSC. Foi Coordenadora do PGAU-Cidade no período 2010-2012, Sub-Coordenadora do PGAU-Cidade na gestão 2008-2010, Coordenadora do Curso de Arquitetura e Urbanismo/UFSC, no período 2004-2006, Sub-Chefe do Departamento de Arquitetura e Urbanismo no período 2004-2005 e membro da Câmara de Ensino de Graduação da UFSC, período 2004-2006. Foi membro da diretoria da ANPUR (Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Planejamento Urbano e Regional), gestão 2009-2011. Coordena o grupo de pesquisa SITUS- Território, Arquitetura e Cidadania, vinculado ao Departamento de Arquitetura e Urbanismo/CTC/UFSC. É membro do CONCIDADES, Conselho Estadual das Cidades do Estado de Santa Catarina, como representante da UFSC. Possui experiência na área de Arquitetura e Urbanismo, com ênfase em Planejamento Urbano e em Projeto Arquitetônico, atuando principalmente nos seguintes temas de pesquisa: planejamento urbano, segregação socioespacial, informalidade urbana, habitação de interesse social.

Downloads

Publicado

2018-04-16