Território e experiência imigratória: os refugiados em São Paulo no pós-Segunda Guerra Mundial

Maria do Rosário Rolfsen Salles

Resumo


O artigo resultou de pesquisa realizada junto ao Memorial do Imigrante, SP, cujo objetivo foi a construção de um banco de dados sobre a entrada de imigrantes refugiados em São Paulo, no pós-Segunda Guerra Mundial, entre 1947 e 1951. Trabalhou-se com uma amostra de pouco mais de 10%, de um total de mais de 5.000 fichas. Considerou-se a inserção dos imigrantes nas ocupações industriais e nas empresas empregadoras do período, a localização no território dessas empresas e residências, com o objetivo de entender as formas de agrupamento de cada uma das nacionalidades que compõem o grupo de imigrantes provenientes da Europa do Leste e que se encontravam em campos de refugiados. Os resultados revelam uma faceta da história urbana da imigração em São Paulo.

Palavras-chave


São Paulo; bairros; indústria; imigrantes; refugiados.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.1590/8692

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Apoio: