Segregação residencial, condição social e raça em Salvador

Inaiá Maria Moreira de Carvalho, Vanda Sá Barreto

Resumo


Este trabalho discute as articulações entre segregação residencial, posição social e raça em Salvador, a terceira maior metrópole brasileira, onde os negros tem uma presença particularmente expressiva na população. Para isto ele discute o caráter, a relevância e as diversas manifestações da segregação, abordando sua complexidade no caso brasileiro e suas características no tecido urbano de Salvador. Fundamentando-se empiricamente em dados censitários espacializados, o texto constata que a raça não constitui uma categoria insignificante para a análise dos processos de segregação residencial urbana, embora não tenha um caráter auto-evidente e, no caso de Salvador, assuma uma dimensão moderada, acentuando-se nas áreas residenciais superiores mas se reduzindo bastante nas áreas populares, onde pobres e negros estão concentrados.

Palavras-chave


segregação residencial; raça; desigualdades sociais e raciais; regiões metropolitanas; Salvador.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.1590/8737

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Apoio: