Periferias de grandes cidades e movimentos populacionais

Ralfo Matos

Resumo


O artigo procura refletir sobre o papel das grandes cidades na atualidade, valendo-se de aportes teóricos diversos e dados empíricos sobre pobreza, urbanização periférica e redistribuição da população no espaço. Apóia-se em uma perspectiva interdisciplinar que junta as questões urbanas contemporâneas com a história das cidades, o planejamento urbano, a geografia, a demografia e a economia. Concentra-se na discussão sobre migração e difusão da pobreza em grandes cidades, exemplificando com os casos das metrópoles São Paulo e Belo Horizonte, e evolui para a discussão sobre estratificação socioespacial e expansão de periferias, segregação e exclusão, piora das condições de vida, situação residencial das classes médias. Conclui observando que a grande cidade capitalista, mesmo internalizando conflitos, fragmentação, dinamismo e estagnação, pobreza e riqueza, mais acolhe populações de desvalidos do que expulsa.

Palavras-chave


urbanização e pobreza; população e urbanização; periferização e migração; dinâmica urbana; grandes cidades; desenvolvimento urbano.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.1590/8800

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Apoio: