A Percepção da Linguagem nas Relações Professor-Aluno

Mauro Maia Laruccia, Eliane Meneses de Melo

Resumo


Este trabalho apresenta resultados alcançados com a realização de pesquisa auxiliada pela FAPESP, cujo tema versou sobre as funções da linguagem na relação professor-aluno. Foi elaborado um desenvolvimento histórico da linguagem, da comunicação e da interatividade na educação. A fundamentação teórica derivou da realização de pesquisa bibliográfica e documental. Realizou-se, também, pesquisa exploratória para melhorar a compreensão do problema, como ocorrem as funções da linguagem na comunicação aluno-professor. Para o levantamento de dados, foi adotada amostragem não-probabilística aleatória com dados obtidos por meio de questionário estruturado. A população alvo constituiu-se de professores e alunos cadastrados na base de dados do autor, sendo 1357 alunos e 249 professores. Os resultados obtidos demonstram que os professores utilizam predominantemente em sala de aula (27%) a função poética, isto é, os professores focam seu discurso na mensagem. Já, os alunos afirmaram que os professores utilizam o discurso referencial (30%), isto é, os professores, para os alunos, focam seus discursos na função referencial, isto é, baseado no contexto. Por fim, podemos observar para o processo de ensino e aprendizagem que ambos – professor e aluno – não valorizam mensagens baseadas na função conativa ou apelativa, focada no receptor (aluno).

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Pensamento & Realidade

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

e-ISSN: 2237-4418
ISSN Impresso: 1415-5109

Indexado em: