Publicidade, televisão e juventude

Luiz Carlos Carneiro de Faria e Souza

Resumo


A publicidade, na contemporaneidade, além de regular e mediar a produção e o consumo, apresenta ainda, dentre seus objetivos, o que segue: demonstração de modelos, inclusive o de cidadania; produção de necessidades e desejos; ensino de valores sociais e pessoais; financiamento para a comunicação; reelaboração e mercantilização de estilos de vida, além de se constituir também em catalisador social. A publicidade constitui-se em um modelo de referência, adquirindo um valor compensatório e pedagógico. Por outro lado, as suas mensagens são apreendidas de forma clara, em decorrência de ser uma comunicação que flui com "objetividade" e "didatismo"; isso, entretanto, não impede que várias nuanças apareçam nas respostas dos receptores, em decorrência de suas subjetividades

Palavras-chave


televisão; juventude; publicidade e marketing

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.