Baixa Renda: O Consumo Simbólico e o Comércio Informal de Acessórios Femininos

Autores

  • Elisângela Domingues Michelatto Natt Universidade Federal de Minas Gerais
  • Bruna Fernanda Barbosa Bacharel em Administração, pela Universidade Estadual de Maringá - UEM; MBA em Mercado de Capitais, pela Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras - FIPECAFI.
  • Francisco Giovanni David Vieira Professor e Pesquisador do Departamento de Administração da Universidade Estadual de Maringá (UEM).
  • Alexandre de Pádua Carrieri Professor Titular na Faculdade de Ciências Econômicas na Universidade Federal de Minas Gerais.

DOI:

https://doi.org/10.20946/rad.v19i1.23387

Palavras-chave:

Symbolic Consumption, Low Income Consumers.

Resumo

Para compreender mais do universo do consumo simbólico, foi realizada uma pesquisa sobre o consumo de acessórios femininos por mulheres de baixa renda. As participantes foram revendedoras ambulantes e suas clientes. Sob a perspectiva do consumo simbólico foi possível observar alguns aspectos comuns ao consumo dessa classe de mulheres que recorrem às suas experiências de consumo para relacionar-se no universo social e marcar sua presença nele. Em termos gerenciais essa pesquisa se faz importante porque apresenta algumas peculiaridades desse processo de consumo, revelando informações que podem contribuir para a avaliação das estratégias de mercado.

Biografia do Autor

Elisângela Domingues Michelatto Natt, Universidade Federal de Minas Gerais

Doutoranda CEPEAD/UFMG.

Professora Substituta na Faculdade de  Ciências Econômicas da UFMG.

Bacharel em Administração.

Bacharel em Psicologia.

Bruna Fernanda Barbosa, Bacharel em Administração, pela Universidade Estadual de Maringá - UEM; MBA em Mercado de Capitais, pela Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras - FIPECAFI.

Analista de Produtos e Serviços para Empresas na BM&F Bovespa.

Francisco Giovanni David Vieira, Professor e Pesquisador do Departamento de Administração da Universidade Estadual de Maringá (UEM).

Professor e Pesquisador do Departamento de Administração da Universidade Estadual de Maringá (UEM).

Pós Doutor em Administração de Empresas pela Escola de Administração de Empresas de São Paulo, Fundação Getúlio Vargas.

Alexandre de Pádua Carrieri, Professor Titular na Faculdade de Ciências Econômicas na Universidade Federal de Minas Gerais.

Professor Titular na Faculdade de Ciências Econômicas na Universidade Federal de Minas Gerais.

Doutor em Administração pela Universidade Federal de Minas Gerais.

Downloads

Publicado

2017-01-01

Edição

Seção

Artigos