A Família, o Trabalho e a Empregabilidade

Antônio de Pádua Santos

Resumo


Este artigo parte da Exortação Pós-Sinodal Amoris Laetitia quanto trata da questão da importância do trabalho para a constituição e estabilidade da família. O trabalho é um tema bíblico que diz respeito tanto á realidade pessoal, familiar, quanto com a conservação da natureza. A preocupação da Igreja com as questões sociais sempre esteve presente. Os acontecimentos decorrentes da revolução industrial, suscitando questões de justiça, e colocando em destaque a causa operária, derivada do conflito entre capital e trabalho, provocou a promulgação da primeira encíclica social, a Rerum Novarum. A globalização e a tecnologia trouxeram mudanças para o mundo do trabalho como para todo o conjunto da sociedade. Essas mudanças exigem das pessoas uma constante atualização para se adaptarem à nova realidade. O termo empregabilidade apareceu nos debates na Academia, no mundo do trabalho e nas discussões sobre políticas públicas no Brasil. O trabalho, quanto mais desenvolvida a sociedade mais se especializa, sua atualização vai acompanhando os avanços tecnológicos, que permite e auxilia nas demais áreas nas quais o esforço humano é aplicado. Além de paradigma da vida social, o trabalho tem a dignidade de um âmbito no qual deve encontrar realização a vocação pessoal e social da pessoa humana. A empregabilidade como forma de se manter ativo no mercado de trabalho requer que o sujeito procure corresponder ao que as corporações necessitam para o seu desenvolvimento e exigem dos seus colaboradores para se integrarem nas equipes que compõem a empresa.

Palavras-chave


Família; Trabalho; Desemprego; Empregabilidade

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A REVELETEO está indexada em:

Presente nas seguintes Bibliotecas: