CHAMADA PARA SUBMISSÃO DE ARTIGOS: DOSSIÊ N. 72

DOSSIÊ No. 72: Relações de gênero e História: emoções, corpos e sexualidades

Submissões: 30/04/2021 e 30/06/2021

Publicação: Dezembro/2021

Responsáveis pelo dossiê: A organização do dossiê estará a cargo das professoras Dras. Maria Izilda Santos de Matos - professora titular do Programa de História  da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo -  e  Ana Carolina Eiras Coelho Soares - Professora Associada do Programa de Pós-Graduação em História-UFG e da Faculdade de História da Universidade Federal de Goiás.

 

 

EMENTA

A virada epistemológica da historiografia na segunda metade do século XX, marcada por diversos movimentos sociais e uma grande ebulição política, econômica e cultural, possibilitou a emergência de uma categoria polissêmica, multifacetada e diretamente ligada às questões que discutem as relações de poderes na sociedade: os chamados estudos de gênero, categoria analítica cunhada por Joan W. Scott em seu ensaio “Gênero: uma categoria útil de análise histórica (1995). Em meio a essa renovação analítica, os estudos culturais na historiografia avançaram e propuseram mudanças epistemológicas fundamentais para a escrita da História. Tendo como ponto de reflexão as discussões de pesquisadoras como Joan Scott, Judith Butler, Joana Maria Pedro, Maria Izilda Matos, Rachel Soihet e Margareth Rago, a História precisou caminhar para um novo escrever e narrar sobre os corpos, os desejos, as emoções e as sexualidades. Dentro da perspectiva de uma então recente História cultural emergiram análises e críticas fundamentais aos alicerces de poderes, saberes e narrativas sobre o passado, provida de um olhar que entendia que “o pessoal é político” e histórico e, portanto, do ofício das/dos historiadoras/es. Convidamos pesquisadoras e pesquisadores interessadas/os em contribuir com o presente dossiê, a partir das perspectivas dos estudos de gênero, que trabalhem com as discutam as aproximações entre a História, corpos, emoções e sexualidades. Esse dossiê tem como finalidade apontar as mais recentes produções historiográficas, objetos e fontes de análise, traçando um panorama dos caminhos trilhados pela historiografia as construções dessas narrativas historiográficas culturais, políticas e sociais.