OS CUIDADOS DE SI E OS CUIDADOS DO OUTRO: LUGARES DE GÊNERO NA PUBLICIDADE DA REVISTA CAPRICHO (DÉCADAS DE 1950-1960)

Autores

  • Raquel de Barros Pinto Miguel

Palavras-chave:

Publicidade, relações de gênero, subjetividade

Resumo

Este texto aborda a possibilidade que os anúncios publicitários abrem para a análise dos papéis sociais destinados às mulheres de uma determinada época, refletindo sobre a possível participação das propagandas na constituição das subjetividades das mulheres e homens de uma geração. Dessa forma, a mídia aparecerá como um lugar de educação que dissemina, prescreve e perpetua valores e códigos de comportamento e de conduta. A análise do material em questão (anúncios publicitários presentes em edições da revista Capricho pertencentes às décadas de 1950 e 1960), nos permite refletir acerca de o quanto as marcas de gênero são apresentadas pela mídia de forma hierárquica e estereotipada contribuindo para o estabelecimento e fortalecimento de relações de poder.

Downloads