"La cuestión de límites": Intelectuais, diplomatas e a disputa pelas fronteiras entre Argentina e Chile (Séculos XIX a XXI)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.23925/2176-2767.2020v69p53-89

Palavras-chave:

Fronteiras, Argentina, Chile, Intelectuais.

Resumo

Os Estados argentino e chileno atualmente são divididos pela terceira maior linha fronteiriça do mundo e, desde a segunda metade do século XIX, houve intensos debates intelectuais sobre as áreas a serem controladas por cada país. O artigo relaciona como a intensificação da produção daqueles homens colaborou na construção de rivalidades, antagonismos e tensões internacionais que quase levaram à guerra em três oportunidades. Seu objetivo central é debater as conexões entre intelectuais, diplomatas, políticos e militares em perspectiva comparada e conectada, tendo como foco o debate sobre a linha internacional de fronteiras.

Biografia do Autor

Gabriel Passetti, UFF

Doutor em História Social (USP), professor de História das Relações Internacionais (UFF), vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Estudos Estratégicos (PPGESTUFF).

Downloads

Publicado

2020-11-16