CENA DO CRIME, FOTOGRAFIA E MEMÓRIA EM EVIDÊNCIAS E SURVIVORS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.23925/2176-2767.2021v71p128-154

Palavras-chave:

Fotografia, Memória, Arte, Holocausto

Resumo

Evidências é um projeto da artista visual Naomi Teresa Salmon que articulas imagens de objetos dos campos concentracionários nazistas em relação ao componente biográfico faltante ou criminosamente apagado. A série Survivors, do fotógrafo Martin Schoeller, é feita a partir de 75 fotografias de retratos de sobreviventes do Holocausto por motivo da comemoração do 75 aniversário de libertação dos campos concentracionários. Nos dois projetos fotográficos aqui analisados, trabalha-se a relacionalidade da fotografia contemporânea em um duplo aspecto: o gesto primeiro (e limítrofe) de expor no objeto fotografado remanescente à tentativa de apagamento, e o trabalho do fotógrafo diante do efeito da nova corporalidade pela técnica hiper-realista do retrato em grandes proporções.

Biografia do Autor

Rafael Tassi Teixeira, Universidade Estadual do Paraná, UNESPAR

Pós-Doutor em Cinema e Audiovisual (Universitat Autònoma de Barcelona - UAB; 2018). Doutor em Sociologia pela Universidad Complutense de Madrid (UCM; 2004). Professor Adjunto do Mestrado em Cinema e Artes do Vídeo (PPG-CINEAV\UNESPAR). Professor Adjunto da UNESPAR, Campus Curitiba II (Sociologia da Arte, Estudos Visuais, Antropologia Audiovisual). Líder do Grupo de Pesquisa (CNPq) Eikos – Imagem e Experiência Estética. Seus estudos abrangem a área do cinema, identidade e memória; cinema ibero-americano; antropologia audiovisual; fotografia e memória; etc. 

Referências

AGAMBEN, Giorgio. O que Resta de Auschwitz (Homo Sacer III). São Paulo: Boitempo, 2008.

ASSMAN, Aleida. Espaço da Recordação: Formas e Transformações da Memória Cultural. Campinas: Unicamp, 2011.

BELTING, Hans. Face and Mask. A Double History. Princeton University Press, 2017.

CRIMP, Douglas. Sobre as Ruínas do Museu. São Paulo: Martins Fontes, 2015).

DE DUVE, Thierry. A arte diante do mal radical. Revista Ars, v. 7, n. 13, 2009. Disponível em:

<http://www.revistas.usp.br/ars/article/view/3062>. Acesso em: 11 jun. 2020.

DEL RÍO, Víctor. Fotografía Objeto: La Superación de la Estética del Documento. Salamanca: Ediciones Universidad de Salamanca, 2008.

DIDI-HUBERMAN, Georges. Imágenes Pese a Todo: Memoria Visual del Holocausto. Barcelona: Espasa, 2012.

DIDI-HUBERMAN, Georges. Cascas. São Paulo: Editora 34, 2017.

DIDI-HUBERMAN, Georges. Sobre o Fio. Santa Catarina: Cultura e Barbárie, 2019.

FELMAN, Shoshana. O Inconsciente Jurídico: Julgamentos e Traumas no Século XX. São Paulo: Edipro, 2014.

FONTCUBERTA, Joan. La Furia de las Imágenes: Notas sobre la Postfotografía. Barcelona: Galaxia Gutenberg, 2016.

GAGNEBIN, Jeanne Marie. Lembrar, escrever, esquecer. São Paulo: Editora 34, 2006.

HARTMAN, Geoffrey. Holocausto, Testemunho, Arte e Trauma, IN: SELIGMANN-SILVA, Márcio. Catástrofe e Representação. São Paulo: Escuta, 2000.

HILBERG, Raul. La politique de la mémoire. Paris: Gallimard, 1996.

HIRSH, Marianne. The Generation of Postmemory. Writing and Visual Culture After the Holocaust. Columbia University Press, 2012.

LE BRETON, David. Rostos. Petrópolis: Vozes, 2018.

LEVI, Primo. Os afogados e os sobreviventes. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1990.

LEVI, Primo. É isto um Homem. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1997.

LEVI, Primo. A Assimetria e a Vida. São Paulo: Unesp, 2014.

LÉVINAS, Emmanuel. Entre Nous: thinking of the other. Nova York: Columbia University Press, 1998.

LINDEPERG, Sylvie. Nuit et Brouillard. Un Film dans l’histoire. Paris: Odile Jacob, 2007.

RANCIÈRE, Jacques. A partilha do Sensível. São Paulo: Editora 34, 2005.

RANCIÈRE, Jacques. O mestre Ignorante. Belo Horizonte: Autêntica, 2007.

RANCIÈRE, Jacques. O Inconsciente Estético. São Paulo: Editora 34, 2009.

SANCHEZ-BIOSCA, Vicente. “¿Qué Espera de mí esa Foto¿ La Perpetrator Image de Bophana y su Contracampo. Iconografías del Genocídio Camboyano”. Revista Aniki. Vol. 2, n. 2. 2015.

SANCHEZ-BIOSCA, Vicente. Miradas Criminales, Ojos de Víctima: Imágenes de la Aflicción en Camboya. Buenos Aires: Prometeo, 2017.

SELIGMAN-SILVA, Márcio. Catástrofe e Representação. São Paulo: Escuta, 2000.

SELIGMAN-SILVA, Márcio. História, Memória, Literatura: O Testemunho na Era das Catástrofes. São Paulo: Unicamp, 2003.

SELIGMAN-SILVA, Márcio. O Local da Diferença: Ensaios sobre Memória, Arte, Literatura e Tradução. São Paulo: Editora 34, 2005.

TEIXEIRA, Rafael Tassi. A Relação Fotografia e Memória na Instalação ‘Auschwitz, No hace Mucho, No Muy Lejos’. Revista Cásper Líbero, 2018 (juldez, número 42). Disponível em: http://seer.casperlibero.edu.br/index.php/libero/article/view/978. Acesso em: 12 dez. 2020.

TEIXEIRA, Rafael Tassi; SANTOS, Ana Carolina Lima. Do passado ao presente, do preto e branco à cor: restituições da memória de Auschwitz. Revista E-Compós, 2020. Disponível em: <https://e-compos.org.br/e-compos/article/view/1925>. Acesso em: 21 abr. 2020.

STRUK, Janina. Photographing the Holocaust. London: I.B. Tauris, 2008.

ZELIZER, Barbie. Remembering to forget: holocaust memory through the camera’s eye. Chicago: University of Chicago Press, 1998.

Downloads

Publicado

2021-09-01